Destaques

Como usar o comando SELECT da SQL para consultas em Banco de Dados.

sql comando select



Select é o comando mais usado para fazer consultas através da linguagem SQL. Usando-se este comando com a sua sintaxe mais simples, ele recupera os dados de uma determinada tabela ou View, mas para isso o comando SELECT não pode ser utilizado sozinho, é necessário a adição da cláusula FROM para indicar onde(tabelas) os dados serão selecionados.

A instrução SELECT pode trabalhar com pesquisas do tipo full table scan, que basicamente é a leitura sequencial registro a registro de toda a tabela ou com pesquisas indexadas que são índices definidos para uma tabela que geralmente são montados em cima de estruturas de dados do tipo árvores ou hash.


Artigos relacionados :

1. O que é DML(Data Manipulation Language) ?


Devemos nos lembrar também que este comando é do tipo DML(Data Manipulation Language), ou seja, um grupo de comandos destinados a recuperação(SELECT), inclusão(INSERT), remoção(DELETE) e modificação(UPDATE) de informações.

2. O que é Álgebra Relacional ?


Segue abaixo o significado de álgebra segundo a Wikipedia:

Em matemática, álgebra é o ramo que estuda a manipulação formal de equações, operações matemáticas, polinômios e estruturas algébricas.

A álgebra é um dos principais ramos da matemática pura.

O termo álgebra, na verdade, compreende um espectro de diferentes ramos da matemática, cada um com suas especificidades. Na álgebra estudam-se várias áreas.

Ainda segundo a Wikipedia o significado de álgebra relacional seria:

Em ciências da computação, álgebra relacional é uma derivação descendente da lógica de primeira ordem e da álgebra de conjuntos em relação das operações sobre a relação finítimo, que auxilia o trabalho ao identificar os componentes de uma tupla por nome (chamado o atributo) ao invés de uma coluna de chaves numéricas, o qual é chamado a relação na terminologia de banco de dados.

A principal aplicação da álgebra relacional é sustentar a fundamentação teórica de banco de dados relacional, particularmente linguagem de consulta para tais bancos de dados, entre os maiores o SQL.

Definimos assim a álgebra relacional como uma linguagem de consulta formal.

Com o conceito de álgebra relacional bem definido é sabido que os operadores primitivos na álgebra relacional são os de seleção, a projeção, produto cartesiano, união e diferença. A cláusula SELECT corresponde a operação de projeção na álgebra relacional.

Como em SQL o comando SELECT é utilizado com outras cláusulas é importante sabermos que a cláusula FROM corresponde a operação de produto cartesiano e a cláusula WHERE corresponde a operação de seleção na álgebra relacional.

3. Como usar o comando Select para selecionar todos os registros de uma tabela.


Neste primeiro exemplo estamos selecionando todos os registros da tabela <CARRO> considerando que esta tabela possui os campos <ID>, <ANO>, <NOME> e <MARCA>. Existem basicamente duas formas de selecionar todos os registros: a primeira é informando o caractere * que significa selecionar todas as colunas e o segundo é informando o nome de cada coluna conforme exemplo abaixo.

Sintaxe:
SELECT * FROM Tabela

sql cláusula select todos

4. Como utilizar o comando Select para selecionar todos os registros de somente uma coluna em uma tabela ?


No segundo exemplo novamente usaremos a tabela <CARRO> com as mesmas colunas mas agora iremos selecionar somente a coluna <ANO>. Este comando é muito parecido com a segunda forma do primeiro exemplo, a única diferença é omissão das colunas que não queremos selecionar.

Sintaxe:
SELECT Coluna FROM Tabela

sql cláusula select coluna única

5. Uso da instrução SELECT com a instrução WHERE para selecionar somente alguns registros de uma tabela.


Novamente usaremos a tabela <CARRO> com as mesmas colunas mas iremos selecionar somente os registros cuja coluna <ANO> sejam iguais a 2017. Para isto devemos introduzir ao comando SELECT a cláusula WHERE que servirá para delimitar o universo dos registros que queremos selecionar.

Sintaxe:
SELECT * FROM Tabela WHERE Coluna=Valor

sql cláusula select com a cláusula where

6. Como selecionar registros distintos de uma tabela utilizado a cláusula SELECT DISTINCT.


Continuando com o uso da tabela <CARRO> iremos selecionar todos os valores distintos que esta tabela possuir através do comando DISTINCT. Neste exemplo iremos desconsiderar a coluna <ID> visto que ela é chave primária única.

Sintaxe:
SELECT DISTINCT Colunas FROM Tabela

select com distinct


7. Como usar o comando Select para selecionar registros de duas tabelas ?


Nestes exemplos, para demonstrarmos particularidades do funcionamento do comando SQL SELECT iremos utilizar duas tabelas: <CARRO> com os campos <ID>, <ANO>, <NOME> e <MODELO> e a tabela <CONCESSIONARIA> com os campos <ID>, <CIDADE> e <CARRO_ID>.

O comando SELECT utilizado para realizar a seleção em duas tabelas sem indicar o relacionamento entre elas irá gerar um produto cartesiano.

Neste ponto é importante lembrar que banco de dados relacionais trabalham com a ideia de conjuntos, e que todas as combinação entre os termos de dois conjuntos correspondem a um produto cartesiano.

Sintaxe:
SELECT * FROM Tabela1, Tabela2

select com produto cartesiano


Produto cartesiano é algo que sempre deve ser evitado pois é muito custoso realizar este tipo de operação em bancos de dados, ou seja, a performance do banco fica degradada acarretando um série de problemas para quem utiliza um banco de dados.

Para resolvermos este tipo de problema devemos indicar no SQL o relacionamento entre as tabelas, para isto podemos utilizar o operador relacionar "=" ou o comando JOIN.

Sintaxe:
SELECT * FROM Tabela1, Tabela2 WHERE Tabela1.valor = Tabela2.valor

comando select com join


8. Como definir um alias para o nome de uma coluna ?


Ainda usando a tabela <CARRO> com os mesmos campos <ID>, <ANO>, <NOME> e <MODELO> podemos através da cláusula AS definir um nome para uma determinada coluna. Veja o exemplo abaixo:

Sintaxe:
SELECT Valor AS Alias FROM Tabela

comando select com alias


9. Como usar Subselect's ou Subquery's ?


O SQL permite que uma query seja utilizada dentro de outra query, este recurso da SQL é comumente chamado de subselect ou subquery. Muitas pessoas acham melhor utilizar subselects para simplificar uma determinada query mais complexa.

Devemos sempre nos lembrar que uma subquery deverá estar entre parênteses e sempre deverá retornar somente um campo por causa de limitações da própria linguagem.

No exemplo abaixo o subselect está descrito na cláusula WHERE do SQL e uma detalhe é que o subselect utiliza o campo <ID> da tabela <CARRO> da query principal para realizar uma operação lógica.

Sintaxe:
SELECT * FROM Tabela1 WHERE Tabela1.valor IN (SELECT valor FROM Tabela2)

subselect cláusula where


Já no próximo exemplo estamos vendo um subselect que está descrito na cláusula SELECT juntamente com outros campos que se deseja selecionar.

Sintaxe:
SELECT Valor1, (SELECT Valor2 FROM Tabela2 WHERE Valor1=Valor2) AS Alias FROM Tabela

subselect coluna



Questões



Ano: 2011 / Banca: FCC / Órgão: TRT23(MT)

As operações da álgebra relacional Seleção, Projeção e Produto Cartesiano são implementadas na linguagem SQL, respectivamente, pelas cláusulas:

A) Select, From e Where.

B) Select, Where e From.

C) Where, Select e From.

D) Where, From e Select.

E) Select, Select e Join.

 


Ano: 2012 / Banca: FUMARC / Órgão: TJ(MG)

A linguagem SQL possui comandos de defnição de dados (DDL - Data Defnition Language), dos quais faz parte o seguinte comando:

A) SELECT

B) DELETE

C) ALTER

D) UPDATE





Ano: 2014 / Banca: FAFIPA / Órgão: UFFS

Qual alternativa informa uma seleção de todas as colunas da tabela USUARIO no banco de dados?

A) SELECT % FROM USUARIO

B) SELECT *.* FROM USUARIO

C) SELECT @ FROM USUARIO

D) SELECT # FROM USUARIO

E) SELECT * FROM USUARIO



Comentários